Home

História da banda | Fotos | Discografia | Novidades da banda | Links relacionados | Letras | Letra Traduzida/Ten | L.T/Vs | L.T/Vitalogy | L.T/No Code | L.T/Yield | L.T/Binaural | Outras Letras | Video Clipes | Membros | Novas Bandas | Dicas e curiosidades | Novidades do Rock | Contate-me
Pearl Jam e o Mundo do Rock
L.T/Vitalogy

Terceiro álbum

LAST EXIT- ÚLTIMA SAÍDA

Vidas abertas e jogadas fora
"Olhe mãe, me assista desmoronar "
Não há tempo para questionar, porque não sobrou nada?
Alcanço e seguro, seguro firme e rápido
Logo estará no fim, e eu serei piedoso
Deixe o oceano crescer, dissolver meu passado
Três dias, talvez os mais demorados
Nem mesmo saberão que eu parti
Debaixo de sua língua, eu sou como uma argola
Eu lhe darei o que você certamente não tem
Debaixo de minha respiração, juro através de pecado
Para melhor ou pior, começamos algo melhor
Deixe o sol subir, queimar meu disfarce
Três dias, e talvez os mais longos
Deixe cair minha "máscara" afinal...arranque-a
Deixe o sol subir, queimar meu disfarce
Três dias, talvez os mais longos
Você nunca me encontará aqui
Deixe o oceano dissolver meu passado
Quatro dias, e não muito longos
Deixe meu espírito permitir...
Essa é, essa é...a minha... última saída
SPIN THE BLACK CIRCLE -GIRE O DISCO PRETO

Veja esta agulha... uma olhada em minha mão
Derrube, derrube isto abaixo...com suavidade
Bem aqui vem...eu toco o avião
Me vire...não vá embora
Gire o disco preto...
Tire de...uma manga de papel
Minha alegria...só você merece vaidade
Eu sou tão grande...meu mundo inteiro
Eu preferiria você...preferiria você...à ela
Gire o disco preto...
Você é tão quente ...o ritual... eu coloco seu braço dobrado
Gire o disco preto...
NOT FOR YOU-NÃO PRA VOCÊ

Alma sem descanso, desfruta sua juventude
Como Muhammad golpeia a verdade
Não posso escapar das regras comuns
Se você odeia alguma coisa, não a faça também
Minha pequena mesa, um assento para nós dois
Tão tumultuado, eu não consigo construir um lar
De onde eles vieram? atormentam meu lar!
E você ousa dizer que a culpa é sua...sua culpa
Isso não é para você
Não é para você...ah, você...
Gritos...meus amigos...não me chamam...
Amigos, não, eles não gritam...
Meus amigos não chamam... meus amigos não...
Tudo o que é sagrado vem da juventude
Dedicação, ingenuidade e verdade
Sem energias, nada para fazer
Eu ainda lembro, porque você não... você não...
Isso não é pra você
Nunca foi pra você...foda-se você
Isso nunca foi...
TREMOR CHRIST- VIBRAÇÃO DE CRISTO

Enrolado está o marinheiro...
indo à deriva pela tempestade
Ferido está o órgão que ele deixou
todo sangrando na costa
Grandioso era o seu salvador...
a vê se afogando na esteira dele
Diariamente provando o sal das lágrimas dela, mas...
uma chance culpou o destino
Pequenos segredos, tremores...tornaram-se um terremoto
Os menores oceanos ainda têm grandes ondas
Resgate pago ao Diabo...ele sussurra palavras agradáveis
Triunfantes são os anjos se eles podem...
chegar lá primeiro
Pequenos segredos, tremores...tornaram-se um terremoto
Os menores oceanos ainda têm grandes ondas
Vou decidir....tomar a submersão
Tomar o meu tempo...não a minha vida
Esperar por sinais...acreditar em mentiras
Para passar...é divino
Você sabe como é
Reverte a proa, reboca e escreve as linhas
Coloque paixão em sua fé e sinta a vibração do Cristo
NOTHINGMAN-HOMEM NADA

Uma vez dividido... nada restou para subtrair
Algumas palavras quando faladas...não podem voltar
Passeia nos próprios pensamentos...
com pensamentos ele não pode ajudar pensando...
O futuro está aí ...
mas no passado ele vai devagar e afundando...
Pegou um relâmpago...
Passado o dia ele deixou pra lá...
Homem nada...ele não é algo? Homem de nada...
Ela mais uma vez acreditou ...
Em toda história que ele tinha pra contar...
Um dia ela endureceu...levou o outro lado
Olhar vazio...
de cada canto de uma cela de prisão compartilhada
Alguém acabou de escapar.
À esquerda dele dentro do poço
E ele que esquece ...está destinado a se lembrar
Homem nada...ele não é algo? Homem nada
Ela não o quer
Ela não o alimentará...depois dele ter caído fora...
No sol ...ah, no sol
Queime...queime...Homem de nada
Ele não é algo? Homem nada
Não poderia ter sido algo...
BISBILHOTAR

P-r-i-v-a-c-i-d-a-d-e não tem preço para mim
P-r-i-v-a-c-i-d-a-d-e
CORDUROY-VELUDO

A espera me deixou louco...
você está finalmente aqui e eu estou confuso
Eu devolvo sua riqueza...
não pode vagar dentro de minha cabeça
Eu não quero levar o que você pode dar
Eu preferia ficar faminto do que comer o seu pão
Eu preferia correr mas eu não consigo andar
Acho que eu dormirei sozinho como antes
Eu tomarei o caminho mais seguro...
e eu tenho que recusar a sua proposta
Empurra-me e eu resistirei...
esse comportamento não é único
Eu não quero ouvir daqueles que sabem
Eles podem comprar,
mas não podem vestir minhas roupas
Eu não quero mancar para caminhar para eles
Nunca deveriam saber de mim
Eu não quero estar em seus débitos
E eu pagarei em sangue, deixe eu me casar
E eu já estou cortado e meio morto...
Eu terminarei sozinho como eu comecei...
Tudo mudou, absolutamente nada mudou
Segure minha mão
não minha figura, derramada minha tinta
Eu não quero levar o que você pode dar
Eu preferia ficar faminto do que comer do seu peito
Todas as coisas que os outros querem para mim
Não podem comprar o que eu quero,
porque o que eu quero não tem preço
Não posso ser o que você quer, porque eu sou...
Eu não deveria estar feliz
Para viver e morrer, deixe acontecer
Acho que serei amaldiçoado,
sozinho, como eu comecei...
Agora você se move
Eu pensava que você fosse um amigo...
mas eu acho que, acho que eu odeio você

BUGS- BICHOS

Todos estes...
Eu tenho bichos
Eu tenho bichos no meu quarto
Bichos em minha cama
Bichos em minhas orelhas
Os ovos deles em minha cabeça
Bichos em meus bolsos
Bichos em meus sapatos
Bichos na forma como te sinto
Bichos em minha janela
Tentando entrar
Eles não vão a nenhuma parte
Esperando, esperando...
Bichos em meu teto
Aglomerando o chão
De pé, se sentando, ajoelhando...
Alguns bloqueiam a porta
E agora a pergunta:
Eu os mato?
Fico amigo deles?
Eu os como?
Crus ou bem passados?
Eu os engano?
Não acho que eles sejam tolos
Me uno a eles?
Parece que são os tais
Eu tenho bichos em minha pele
Fazem cócegas em minha náusea
Eu deixei isto acontecer novamente
Eles estão sempre tomando conta
Eu vejo eles me cercarem, eu vejo...
Vejo-os decidir meu destino
Isso que uma vez ...uma vez dependia de mim...
Agora é muito tarde
Eu tenho bichos em meu quarto ...um a um
É quando tenho uma chance
Eu pararei agora
Eu ficarei nu
E com o ...me tornarei um
SATNAS BED- CAMA DE SATANÁS

Nem tudo foi dito... dito e feito...
Eu nunca dormi na cama de Satanás
Embora eu tenho que admitir que...
ele ainda visita meu lugar
Não convidado, como você sabe, ele não espera
Engraçado como ele sempre parece se ajustar
Engraçado como eu sempre quero ceder
Domingos, sextas, terças, quintas, o mesmo
Às vezes o convidado especial, ele não gosta de partir
Já apaixonado, já...
Quem fez, quem inventou, inventou o mito,
Que nós nascemos para ser cobertos em felicidade?
Quem fixou o padrão, nascidos para sermos ricos?
Tais exemplos bons, pequena cadela fraca
Modele, modelo de papel,
rode alguns modelos em sangue
Conseguem um pouco de carne para aderir,
assim eles se parecem conosco
Eu cago e fedo, eu sou real, uno-me ao clube
Eu pararia e falaria, mas eu já estou apaixonado
Já apaixonado, já
Apaixonado...
Segue tortura...segue recompensa
Meu alvo...
Nunca apertei a mão de satanás,
olhe para você mesmo
Você saberia se eu tivesse feito,
a merda não se desprega
Eu subirei e cairei,
deixe-me levar crédito para ambos
Salte em um precipício, não preciso de sua ajuda
então caia fora
Eu nunca chuparei o pau de Satanás...
Novamente, você veria, você sabe,
a retidão ronda os lábios
Eu esperarei por um anjo,
mas eu não segurarei minha respiração
Imagino que estão ocupados,
penso que estou dando o visto
Já apaixonado, já
BETTER MAN-O MELHOR HOMEM

Esperando...olhando o relógio
são 4 horas...tem que parar
Diz a ele, não aguenta mais, ela pratica seu discurso
Enquanto ele abre a porta, ela se vira
Finge dormir enquanto ele a observa
Ele mente e diz que está apaixonada por ele
não consegue encontrar um homem melhor
Ela sonha em cores, ela sonha em vermelho
não consegue encontrar um homem melhor
Falando sozinha
não há mais ninguém que precise saber
Ela diz a si mesma
Lembranças voltam, de quando ela era valente e forte
E esperando o mundo vir junto
Ela jura que sabia, agora ela jura que ele se foi
Ele mente e diz que está apaixonada por ele
não consegue encontrar um homem melhor
Ela sonha em cores, ela sonha em vermelho
não consegue encontrar um homem melhor
Ele mente e diz que ainda o ama
não consegue encontrar um homem melhor
Ela sonha em cores, ela sonha em vermelho
não consegue encontrar um homem melhor
Ela o amava...ela não quer ir embora desse jeito
Ela o alimenta...por isso ela voltará novamente
não consegue encontrar um homem melhor...
não consegue encontrar um homem... melhor
AYE DAVANITA-PARA SEMPRE DAVANITA

Awooh...para sempre davanita...awooh...awooha... (4x)
Jahooh...jahooh... (Repeat)
Awooh...para sempre davanita...awooh...awooha

IMMORTALITY- IMORTALIDADE

Abandonar é a palavra...
vingança não tem lugar tão perto dela
Não posso achar o conforto neste mundo
Lágrima artificial...vaso apunhalado...
o próximo, voluntários
Vulnerável, sabedoria não pode aderir
Um ocioso acha um lar...e um sonho para ter
Mas há a clarabóia ao sol...imortalidade
Tão privilegiado quanto uma prostituta...
vítimas em demanda para espetáculo público
Varrido para fora pelas rachas em baixo da porta
Mais santo que tu, como?
Rendido...executado de qualquer maneira
Rabisco dissolvido, caixa de cigarros no chão
Um ocioso acha lar...e um sonho para ter
Mas viu o clarabóia ao sol
Imortalidade
Eu não posso parar o pensamento...
Estou correndo na escuridão
Surgindo uma seta de direção...
todos os ociosos bons têm que decidir
Despojado e vendido, mãe...antebraço leiloado
E espanadores na pia...
Ociosos mudam...não conseguem ficar muito tempo
Alguns só morrem para viver...

Pearl Jam e o Mundo do Rock