Home

História da banda | Fotos | Discografia | Novidades da banda | Links relacionados | Letras | Letra Traduzida/Ten | L.T/Vs | L.T/Vitalogy | L.T/No Code | L.T/Yield | L.T/Binaural | Outras Letras | Video Clipes | Membros | Novas Bandas | Dicas e curiosidades | Novidades do Rock | Contate-me
Pearl Jam e o Mundo do Rock
L.T/No Code

Quarto álbum

SOMETIMES-ÀS VEZES

Grandes dedos espalhando tinta...
Você é deus e tem mãos grandes
As cores misturam-se
Os desafios que você lança cara
Busco minha parte...devoto-me
Meu pequeno eu... como um livro
dentre muitos em uma estante
Às vezes eu sei, às vezes eu levanto
Às vezes eu caio, às vezes eu não
Às vezes eu me encolho de medo, às vezes eu vivo
Às vezes eu ando, às vezes eu me ajoelho
Às vezes falo de absolutamente nada
Às vezes eu alcanço a mim mesmo, ouço Deus
HAIL HAIL-SALVE SALVE

Existe espaço para nós dois?
Nós dois separados?
Nós estamos livres de compromisso?
Isso é tudo o que conseguimos?
Eu entendo as palavras, e então começo a pensar
Mas eu não quero pensar, eu quero sentir!
Como eu me sinto? E como eu sinto
Se você é a única
bem, eu nunca estarei satisfeito
Salvem os que têm sorte
Eu me refiro aos que amam
Como eu te amaria até o dia de minha morte,
e ainda depois
Nós estamos indo para o mesmo lugar?
Se estamos, posso ir também?
É ovo rolando gordo e pesado...
todo o passado o qual carregamos
Eu poderia ser novo...você me subestima
Se você é a única
bem, eu nunca estarei satisfeito
Salvem os que têm sorte
Eu me refiro aos que amam
Eu às vezes me dou conta...Eu poderia apenas ser
tão bom quanto você me permite...
Você é mulher suficiente para ser meu homem?
Mãos atadas
Eu o achei em minha corrida
em uma competição que não pode ser ganha
Todas as salvas aos os que têm sorte
Eu me refiro aos que amam
Se você é a única para mim
muito bem, você a única
Eu quero ser o seu...basta, você venceu...
seu único...
WHO YOU ARE- QUEM VOCÊ É

Venha para enviar, não ceder
Conseqüencias transcedentais para transcender
Onde nós estamos...quem somos nós? Quem nós somos
Musgo pisado em suas almas
Muda tudo, você é uma parte
Viu isso tudo, nada enfim
Não pode defender o comando
Leve-me para passear antes de irmos
Circunstância, mãos aplaudindo
Ventos favoráveis, acontecimentos
Fora da trilha, na lama
Isso é o musgo do verso acima
Milagroso...e um pouco...
Só um tempinho, antes de irmos
A luz de parada faz sua parte
Então eu diria que você conseguiu sua parte
Qual é sua parte? Quem você é
Você é quem, quem você é
IN MY TREE- EM MINHA ÁRVORE

Aqui em cima de minha árvore
Notícias não têm importância para mim
Sem mais alavancas em minha cabeça
Em vez disso estou trocando histórias
com as folhas que estão caindo
Aceno para todos os meus amigos
Eles parecem não me notar
Seus olhos todos treinados nas ruas
Calçadas, cigarros e cenas
Aqui, tão alto, começo a fugir
Aqui, tão alto, raspo o céu
Estou tão alto
Eu seguro apenas um fôlego em meu peito
Como a inocência
Eu lembro-me dele
Eu jurava que sabia tudo
Eles viram que conhecimento é um sonho
Ele está crescendo como eu
Estou tão alto, o vento balança
Estou tão alto, raspo o céu
Estou tão leve, mantenho apenas uma respiração
e volto para meu ninho
Durmo com inocência
Aqui, tão alto, eles quebram as barras
Aqui, tão alto, raspo o céu
Tenho meus olhos abertos
e tenho uma visão
De minha inocência...
recuperei minha inocência
Quando bebê, a tinha...ainda a tenho
SMILE-SORRISO

Isso não te faz sorrir?
Quando o sol não brilha, ele não brilha nada
Isso não te faz sorrir?
Isso não te faz sorrir?
Isso não me faz sorrir? Sim
Quando o sol não brilha, ele não brilha nada...é...
Isso não me faz sorrir?
Eu já sinto a sua falta...Eu sempre sinto
Eu já sinto a sua falta...sinto todo o dia
Assim é como me sinto (amar você)
Eu já sinto saudades suas...Eu sempre sinto
Coração desonesto incha-se...
Eu sinto saudades o dia todo
Os corações desonestos incham-se
Isso não te faz sorrir?
Os corações desonestos incham-se...
OFF HE GOES-LÁ VAI ELE

1, 2, 1, 2, 3, 4...
Conheço um homem cuja face parece repuxada e tensa
Como se ele estivesse andando de moto
nos ventos mais fortes
Então eu me aproximo com jeito...
sugiro que ele deveria relaxar
Mas ele está sempre andando muito rápido
Disse que ele vai me ver do outro lado
Em sua jornada ele foi passear
Ele tem ido muito
Lá vai ele com suas roupas impecavelmente descuidadas
Lá vai ele
Ele ainda voltará... mas eu vi sua foto
Ele não parece o mesmo nas torturas
Nós voltamos
Eu imagino seus pensamentos
É como se seus pensamentos fossem
muito grandes para seu tamanho
Ele foi levado... onde, eu não sei?
Lá vai ele com sua esperança perfeitamente descuidada
Lá vai ele
E agora eu esfrego meus olhos... pois ele retornou
Parece os meus preconceitos é que
deveriam ter sido queimados
Pois ele ainda sorri... e ele ainda é forte
Nada mudou, mas a merda que nos assola,
esta aumentou
E agora ele está em casa, e estamos rindo
como sempre fizemos
Meu velho amigo de sempre
Até as quinze para as dez
Eu vi a tensão rastejar
Ele parece distraido e eu sei bem
o que acontecerá em seguida
Antes de seu próximo passo...ele se foi novamente
HABIT- HÁBITO

Vejo isso acontecer para alguns amigos
Vejo isso acontecer e a mensagem é enviada
Decolando para uma queda certeira
Apenas para ver que toda a preocupação
Esse não é o seu jeito...não o seu
Não é o seu jeito
Outro hábito, condene-o junto com você
Outro hábito, disse que ele está em débito há muito tempo
Outro hábito como um amigo indesejado
Estou tão feliz com meu ego correto
Não é o seu jeito... não o seu jeito
Não é o seu jeito
Nunca pensei que você se habituaria
Nunca pensei que você, nunca pensei que você
Nunca pensei que você se habituaria
Eu nunca pensei que você, nunca, nunca pensei que você
Nunca pensei que você se habituaria
Falando como uma criança dos anos noventa
Nunca pensei que você se habituaria
Eu nunca pensei que você, nunca pensei que você
Nunca pensei que você se habituaria
Eu nunca pensei que você, nunca, nunca pensei que você
Nunca...nunca pensei...nunca que você...eu nunca
RED MOSQUITO-MOSQUITO VERMELHO

Observado pela janela por um mosquito vermelho
Não me foi permitido sair da sala
Eu vi o sol se pôr, e agora ele nasce
Em algum lugar desse meio tempo
Eu fui picado...deve ter sido o demônio
Ele estava apenas me prestando
Uma pequena visita, lembrando-me de sua presença
Deixando eu saber que ele está esperando por mim
O homem vermelho é seu vizinho, chame isso de conduta
Enquanto você está escalando colinas escorregadias
Dois passos à frente dele, furos em seu pescoço
Sobrevoando bem acima de sua cama
Eu fui picado...deve ter sido o demônio
Ele estava apenas me prestando
Uma pequena visita, lembrando-me de sua presença
E me deixando saber que ele está me esperando...
me esperando
Lá em cima
Se eu soubera outrora o que agora sei
LUKIN

Dirijo pela rua, não consigo achar as chaves
da porra da minha casa
Eu caminho, assim eu amaldiçoo meu rabo
por ser tão estúpido
Eu viro à direita depois dos arcos,
fedendo de sebo e ossos
Paro no supermercado, as pessoas olham
para mim como se eu fosse um cão
Eu tenho ido à casa do Lukin...
Eu vou marcar aquela casa
Eu chutei a porta dela...abri a geladeira
Agora eu sei que a vida valhe a pena
Eu acho a chave, mas quando volto acho uma porta aberta
Muito frio, eles pulam fora do carro,
todos querem um
Eu acho minha esposa, chamo a polícia,
o trabalho deste dia nunca foi feito
A última que ouvi daquele monstro
é que ele estava comprando uma porra de arma
PRESENT TENSE-TEMPO PRESENTE

Você vê como aquelas árvores se curvam?
Aquilo inspira?
Aprendendo a pegar os raios de sol...
uma lição para ser aplicada
Você está tirando algo desta
viagem onde todos estamos juntos?
Você pode passar seu tempo só,
digerindo arrependimentos passados
Ou você pode vir até o limite e se dar conta
Que você é o único que pode se perdoar
Faz muito mas sentido viver no tempo presente
Você tem idéia de como esta vida acaba?
Olhou suas mãos e estudou as linhas dela?
Você acredita que a estrada
adiante conduz à iluminação?
Parece que, sem necessidade, está cada vez mais difícil
Achar um caminho e um jeito de se viver
Você está tirando algo desta
viagem onde todos estamos juntos?
Você pode passar seu tempo só,
digerindo arrependimentos passados
Ou você pode vir até o limite e se dar conta
Que você é o único que pode se perdoar
Faz muito mas sentido viver no tempo presente
MANKIND-HUMANIDADE

Você estará saido com o rádio
Saindo com a discoteca...saindo como em um bacanal
Eu estarei saindo com o telefone
Saindo sozinho...com a zona de um radar
É tudo tão sem advertências, imitações
e eu não refiro a mim
É pelo país inteiro
Se tudo está tão sem advertências,
simulações,um padrão em toda humanidade
O que faz o mundo inteiro fingir?
Eu estarei jogando com minha revista
Usando minha listerina como ovaltina
E você estará...você está afundando seu navio
Para a última propina...para o último sonho
É tudo tão sem advertências, imitações
e eu não refiro a mim
É pelo país inteiro
Se tudo está tão sem advertências,
simulações, um padrão em toda a humanidade
O que faz o mundo inteiro fingir?
É tudo tão sem advertências, imitações e eu não refiro a mim
O que faz o mundo inteiro fingir?
O que faz o mundo inteiro fingir?
IM OPEN- ESTOU ABERTO

Um homem estende-se em sua cama
em um quarto sem portas
Ele espera, espera por uma presença;
algo, qualquer coisa entrar
Após passar meia vida esperando,
ele ainda se sentia igualmente vazio
Tão vazio quanto o teto para o qual ele olhava
Ele está vivo, mas não sente absolutamente nada
Então ele está?
Quando ele tinha seis anos acreditava que
a lua, sobre sua cabeça, o perseguia
Aos nove, decifrou a ilusão,
trocando mágica por realidade
Sem volta
Então isto é o que é ser um adulto
Se ele apenas soubesse agora o que ele sabia então
Estou aberto, venha...Entre
Deitando de lado sobre lençóis amarrotados
e descoberto ele decide sonhar
Sonhar com um novo ego para si próprio
AROUND THE BEND-NA CURVA

Desejo-te tudo de bom...
a mente tranqüila consigo mesma
Descoberto, eu despeço-me de ti...
estarei observando enquanto tu respiras
Eu até mesmo mentiria, te moves,
eu enviaria-te na curva
Eu seguro tua cabeça em meus braços...
meus dedos fecham os teus olhos
Tu sonhas longe, minha pequena criança...
há um sol na curva
Há um sol na curva
Todas as noites pertos assim...
todos esses momentos que eu perdi
Por favor, desculpa-me, querida, me desculpa?
Por favor me perdoe e deixe-me
partilhar com você na curva
Você é um anjo, dormindo
Como quero cuidar de tua alma
por toda a curva

Pearl Jam e o Mundo do Rock